FAZER UMA ESTAÇÃO DE ESTUDOS É IMPORTANTE

19 abril 2020


Com a pandemia e escolas fechadas, precisamos nos organizar para essa nova rotina em que todos estão passando, e com os filhos estudando em casa.

Para facilitar e dar bons resultados nessa rotina, algumas dicas podem ajudar nossa vida como pais e o bom proveito dos estudos de nossos filhos com simples atitudes. Comece por ler o “post” anterior e imprima um planner semanal que deixei disponível lá, para quem quiser.

Não pense que criar um cantinho de estudos para seu filho é frescura. Mesmo que você nem tenha mesa, esse cantinho é importante e pode existir de modo simples, mas com todo entusiamo e carinho que temos por nossos filhos.

Pense nesse cantinho como um mini escritório, só que iremos tomar cuidado para que não hajam itens que possam distrair nossos  pequenos, como o celular, aparelhos de som, televisão, joguinhos eletrônicos,...

Vou te dar um "norte" para começar, ok!


1-ILUMINAÇÃO
A  regra vale para os adultos e para as crianças: um cantinho mais sossegado possível e com iluminação. Caso não tenha luz adequada, ficar próximo a uma janela ajuda muito. Tente deixar todo o material escolar a mão para facilitar.


2-MESA ADEQUADA, ORGANIZAÇÃO E RESPONSABILIDADE
Ter uma mesa do tamanho apropriado para seu filho o ajudará a se “ajeitar” sem dificuldades. Isso o permitirá a ser mais independente. Ele sendo maior, a mesa de jantar pode estar ok. Porém, nesse caso, crie uma cesta ou gaveteiro para acomodar o material e ensiná-lo a guardar assim que terminar os estudos.


3-ONDE MONTAR UM CANTINHO DE ESTUDO PARA AS CRIANÇAS?
O quarto da criança pode ser a escolha ideal para montar uma estação de estudos. Alí é o espaço dela! Quando estiver na sua mesinha , saberá que é hora do estudo, criando o hábito e sendo mais independente. Lá já está pronto para ela. E se não houver a possibilidade de fazer essa mesinha no quarto, e não der para usar a mesa da casa; seremos criativos. Eu não tinha um espaço para atividades as quais eu praticava com minha filha. Improvisei.

Fui à loja de 1,99 e comprei:
2 jardineiras (que viraram suporte para livros que eu trocava toda semana e alguns jogos)
2 saleiros (eram para o giz de cera e o giz do quadro)
3 copos de acrílico (como porta lápis de cor, canetinhas, apontadores, borrachas, etc)
1 quadro-de-giz (parafusei duas dobradiças na parede e coloquei um pé para virar a mesa e prendi tudo na parede do meu quarto)
Banquinho de cabeça para baixo acomodou os bichos de pelúcia da semana. E assim eu tinha um espaço para brincar com ela.

Essa é uma foto antiga, mas consigo mostrar que podemos ajeitar um cantinho com pouco. Não precisa ser chic, mas que seja especial para seus pequenos. (vida real e com ajuda da filha)




4-DEIXE O CANTINHO ESPECIAL
Uma forma bem legal de sinalizar a exclusividade desse cantinho é pintar a parede com uma cor diferente das outras. Na minha parede (foto acima) eu colei adesivos de bolinhas douradas. Porém, uma fita isolante ou durex colorido pode dar um super efeito.



5-VALORES
Não pense que alguma coisa dessa mesa deva ser de loja de decoração. Ensinemos a nossos filhos a valorizar o que temos e não o que queremos. Faça o seu melhor! Use os próprios brinquedos (caminhão, latas, copos de aniversários ou potes de vidro de conservas) para organizar tudo e cada coisa ter sua “casinha” para voltar.



6-FAÇA VOCÊ MESMO
Como citei antes, use o que houver disponível ou faça seus organizadores. Veja essa prateleira que está na segunda foto (*abaixo). Anos atrás fiz umas e postei aqui. Animando a fazer, dê uma olhadinha, pois pode te iinspirar.




Até aqui tratamos de: tamanho de mesa, iluminação, organização, sinalizar esse espaço especial, reaproveitar materiais ou criar seus organizadores, responsabilidade e valores. Todos estes temas apenas com uma conversa sobre mesa de estudos. Eu disse que não era frescura separar esse espacinho para seus filhotes. Pense com carinho sobre isso.

Muito obrigado por ter lido até aqui.
Beijos.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Topo
Todos os direitos reservados - Desenvolvido com
por Lorena Alves