terça-feira, 23 de janeiro de 2018

PANO DE POEIRA QUE VIROU ALMOFADA SUPER FOFA.


Reaproveitar ou reinventar, ANTES de gastar com algo que você pode JÁ TER em casa. Só pensar fora da caixinha.


Já conversamos sobre o descarte das coisas que possuímos de maneira mais inteligente. E, no momento de separamos algumas roupinhas da minha filha, que não serviam mais, separei algumas que não seria possível a doação. Estavam rasgadas, furadas ou acabadas mesmos (sem reparos possíveis kkkk), .

Já, separadas essas roupinhas muito surradinhas, dei mais uma olhada se era possível algum conserto. Pensei em fazer uma almofadinha para minha filha com uma camisola que, seu destino seria pano de poeira kkkkk.

Não tentarei ensinar ninguém a costurar, porque eu mesma tenho dificuldades nessa área. Mas vou contar como fiz direitinho e, quem sabe, antes de comprar uma almofada cara ou mesmo jogar um tecido/roupa fora, você crie algo novo!!!

Bem, o rasgado estava nas costas, mas o restante da camisola estava inteira.


Eu tentava arrumar esse babadinho descosturado quando imaginei a almofada. E fiz esse desenho para vocês entenderem como cortei. (imagem abaixo)


Como notarão, eu quis aproveitar o babado nesse projeto, então cortei a nuvem junto a ele. Costurei pelo lado avesso a mão, pois minha cola pano havia acabado (fica a dica). Deixei a abertura, para virar, no babado/em baixo. Usei para o enchimento uma almofadinha feinha que tinha aqui em casa. Não gastei nem com linha!

Fiz esse molde para ajudar e facilitar na hora do desenho. Tomara que facilite para vocês também!


E, assim ficou a almofadinha que seria pano de poeira kkkk.


Os detalhes, ficaram por conta de um bordado simples (sobe e desce) formando o desenho que eu imaginava. Como o tecido era rosa, fiz a bochecha com feltro branco e cola quente.



Vamos tentar?

Nós, mães principalmente, nos culpamos por não ter tanto tempo com nossos filhos, como gostaríamos. Trabalhamos MMMMMMMMUITO. Tento gastar mais tempo com o que me importa mais (filhos/educação) do que comprando ítens caríssimos e trabalhando mais para isso. Claro, isso não é regra para todas as familias. Cada um tem uma realidade. É apenas uma sugestão de usar seu dinheiro e tempo com sabedoria. ok!

Por exemplo: Ao invés de comprar essa almofada SUPER FOFA kkkk, eu estava costurando com minha filha ao lado, brincando e ensinando a dar valor ao que possui. Não precisei trabalhar mais ou deixar de pagar uma dívida para satisfazer uma "vaidade". Deu para entender? Nós estamos nos adaptando a viver assim.

****


Vou ficar entusiasmadíssima se você me contar o que já consegui aproveitar na sua casa, sem precisar comprar um novo. Ou que tenha gasto com outra coisa mais interessante, economizando com esses "FAÇA VOCÊ MESMO".









Nenhum comentário:

Postar um comentário